Social

Microlins e Portal de Cultura urbana oferecem aulas gratuitas de Emcee e Breaking em ipatinga

Cultura Urbana – Arte em Foco encontra-se em sua 5ª edição oferecendo oficinas  a serem realizadas nos dias 16 (Sábado), e 24 (Domingo), de dezembro, das 13h às 17h, na academia Rosilane Hilário, na Rua Maria Antonieta, nº 60 Vila Celeste (Vale do Sol).

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas no palco, pessoas em pé, sapatos, criança e atividades ao ar livre
No Projeto Cultura Urbana – Arte em Foco, a cultura  é usado como ferramenta para realização de formação e conscientização da cidadania (Foto: Nilmar Lage).

Ipatinga,MG – Portal De Cultura Urbana, em parceria com Microlins Ipatinga e academia Rosilane Hilário, oferecem 20 vagas gratuitas para oficinas de Emcee (Mestre de Cerimônia) com C2 (Luiz Carlos Santana) e Breaking (Dança) com B.Boy Luizin (Wesley Luiz Costa Ribeiro), através do Projeto Cultura Urbana – Arte em Foco. Ao final das oficinas, os alunos recebem um certificado de conclusão e participam dos sorteios dos cursos profissionalizantes oferecidos pela Microlins situada na R. Vinte e Oito de Abril, 570 – Centro da Cidade.

Ambas as oficinas possuirão uma metodologia que proporcionará ao aluno o aprendizado teórico e prático.

Contatos:

Site: https://www.microlins.com.br/ipatinga

E-mail: Ipatinga@microlins.com.br

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em pé
Alunos recebendo certificados pelo Instrutor Mission C.D.M.G e a Instrutora Fábia Neri na edição 2013 (Foto: Nilmar Lage).

Cultura Urbana – Arte em Foco

O projeto teve início em 2013, e foi em realizado também em 2014, 2015 e 2016, se tornando um dos principais projetos de cultura urbana do Vale Do Aço, beneficiando mais de 200 pessoas entre crianças, jovens e adultos da cidade de Ipatinga. Ele é é idealizada, coordenado por B. Boy Luizin Ribeiro, desde sua fundação. O Projeto visa difundir as artes urbanas entre as crianças e adolescentes de 10 a 17 anos, com oficina artística nas comunidades da cidade de Ipatinga, Minas Gerais. Em 2015, ao chegar em sua 3ª edição, o Projeto passou a integrar as ações do Portal de Cultura Urbana.

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em pé, shorts, céu e atividades ao ar livre
Mais do que diversão ou inclusão social, a cultura urbana em geral pode ajudar a construir valores, como ética, empenho, disciplina, lidar com perdas e metas, trabalho em equipe e auxiliar na formação de caráter de uma criança ou adolescente (Foto: Nilmar Lage).

Público Alvo

O curso é destinado a iniciantes, professores, atores, estudantes de escolas públicas, adolescentes e jovens em cumprimento de medidas socioeducativas, pessoas com deficiência, povos indígenas, comunidades quilombolas e outras comunidades tradicionais e e curiosos em geral que desejam se iniciar na arte de dançar Breaking.

Obs.  As pessoas com deficiência terão direito a atendimento preferencial em relação os demais.

Inscrições

Os interessados devem entrar em contato através do Whatsapp (31) 98860-9608 e falar com Rosilane Hilário, ou realizar as inscrições através do E-mail: contatoculturaurbana@gmail.com e colocar no assunto: “Inscrição para o Projeto Cultura Urbana – Arte em Foco 2017” contendo nome completo, endereço e telefone para contato. Caso o aluno for de menor, favor levar um responsável.  A seleção será por ordem de inscrição.

A imagem pode conter: 7 pessoas

 

Sobre o MC(Emcee, Mcing, Rapping ou Mestre de Cerimônia):

Os(as) Mestres de Cerimônia são considerados(as) os(as) porta-vozes do Hip Hop. Aqueles(as) que assumem o microfone e comandam as celebrações da Cultura, e que fazem Rap(Ritmo e Poesia), em união com o elemento Djing. MCs são pessoas que conseguem através de seus versos e no comando das festas, traduzir em palavras o Hip Hop. KRSOne faz uma distinção entre MC’s e Rappers, para ele os(as) MC’s são representantes da Cultura Hip Hop, pessoas que carregam naquilo que 10 fazem as essências do Hip Hop, já Rappers são pessoas que cantam Rap, estão atrelados(as) à Industria Musical, mas não reverenciam e representam a Cultura Hip Hop no que produzem. Para ele um(a) MC pode ser um(a) Rapper, mas um(a) Rapper nunca será um(a) Mc.

Sobre o Breaking(B.boys, B.girls ou Breakers):

Desenvolvida a partir da criação do Break Beat pelo Dj Kool Herc a dança Breaking reúne em si diversas referencias, como passos de danças sociais dos(as) negros(as) americanos, danças latinas, russas, kung-fu, entre outras. O Breaking é a expressão corporal que transmite toda a carga das experiências de vida dos (as) jovens que vivem nos guetos. Atualmente o Breaking não é a única dança no universo do Hip Hop. Poppin, Lockin, House, Electric Boogie, Up-Rockin, Hip Hop Freestyle e outras, fazem parte atualmente do universo dessa cultura, apesar de terem suas origens separadas dos primórdios do Hip Hop.

Sobre MC C2

C2 é Luiz Carlos Santana, nascido em Timóteo, atualmente mora em Ipatinga, é servidor público, produtor cultural, amante da poesia e dos adeptos da cultura hip-hop, e organiza batalhas de MC’s e eventos na região do Vale do Aço. C2 trabalha no lançamento do seu primeiro EP, com previsão de lançamento para o primeiro semestre de 2018, e possui uma música gravada. Em 2017, atuou como oficineiro de rap no programa Fica Vivo. Um dos seus sonhos é criar uma ONG que possa ajudar crianças e adolescentes a despertar o interesse por algum dos elementos da cultura Hip Hop.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e área interna
Foto: Luiz Carlos Santana

C2 faz parte atualmente do coletivo Universidade Urbana, Batalha VDA e colabora com matérias para o site Portal de Cultura Urbana. A frase que o representa é “União nos ajuda a vencer no dia a dia”.

Sobre B.Boy Luizin

B-boy Luizin é Wesley Luiz Costa Ribeiro, nascido em Governador Valadares, no dia 30/11/1989, mas erradicado em Ipatinga desde 1991. Trabalha como empreiteiro de obra civil, dançarino, arte educador, assessor de comunicação e fundador do Portal de Cultura Urbana. Desde os cinco anos de idade, Luizin foi influenciado por sua mãe de criação, Gloria Maria, a imitar o astro americano do pop “Michael Jackson”, juntamente com outras crianças onde viveu sua infância e adolescência.

Aos nove anos, conheceu a arte do Graffiti através do artista Jhons Mendes, que na época ensinava jovens na E.E Manoela Soares Bicalho na comunidade do Vale do Sol (Vila Celeste). Aos onze anos de idade, ingressou no Projeto Social Art & Vida e realizava aulas de Capoeira na E.E. Manoela Soares Bicalho com o “Sombra”, do grupo Forte de Minas. Ao quatorze anos de idade, conheceu a dança Breaking com o Markin (Marcos Santos) de Teófilo Otoni, o qual ministrava aulas gratuitas no Parque Ipanema para vários jovens de Ipatinga.

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Foto: Gledson Pagung

Confira o vídeo das crianças após passarem pelas oficinas:

 

 

 

 

Ficha técnica do Projeto:

 

Direção Geral: Wesley Luiz Costa Ribeiro

Coordenação: Rodolfo Belo Correa

Supervisão: Adilson Mariano de Jesus Santos

Produção: Wesley Luiz Costa Ribeiro

Oficineiros: C2 (Luiz Carlos Santana) e B.Boy Luizin

Arte Gáfica: Bean (Robert Cristian Henrique)

Assessor de Imprensa: B.Boy Luizin Ribeiro

Apoio: Indie Work Comunicação Visual e Frami Tattoo

 

Serviço:

Cultura Urbana – Arte em Foco

Realização: Portal de Cultura Urbana e Academia Rosilane Hilário e Microlins Ipatinga

Dia: 16 (Sábado), a partir das 14hrs e 24 (Domingo), a partir das 14hrs.

Local: Rua Maria Antonieta, nº 60 – Vila Celeste.

 

Deseja apoiar este projeto? Entre em contato através do e-mail: comercialpcu@gmail.com

Faça a diferença contribuindo para o crescimento deste projeto.

 

Agora é hora de vivenciar através de imagens, como foi nos anos anteriores:

2013

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

_______________________________________________________________________________________________________________

2014

A imagem pode conter: 4 pessoas

_______________________________________________________________________________________________________________

2015

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, sapatos e atividades ao ar livre

 

_______________________________________________________________________________________________________________

2016

Nenhum texto alternativo automático disponível.

_______________________________________________________________________________________________________________

2017

 

Comentar
%d blogueiros gostam disto: