Centro Cultural Pampulha recebe “Movimento Soul BH”

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×
Belo Horizonte,MG – O MOVIMENTO SOUL BH “Cultura de rua” criado a 9 anos pelo Dj sir Walter Soul e com apoio do Dj Delson Valério tem o intuito de levar a Música Soul e a dança que seu ritmo envolve a todas as classes sociais de BH tanto da zona soul como da periferia, ali no momento do encontro das pessoas no Movimento Soul BH não á distinção de classe social, cor, religião ou ideais políticos. Durante este período de suas Ocupações e de atuações está caracterizado seus espaços de ocupações neste período: Praça Sete, Viaduto Santa Tereza, Parque, Municipal, Praça do Cardoso e o centro cultural Pampulha e agora faz parte de seu cronograma atual, cumpre informar que cada um destes espaços e ocupado pelo MOVIMENTO SOUL BH “Cultura de rua” um final de semana mensalmente.

O Funk original ou Soul (em inglês: alma) é um gênero musical dos Estados Unidos que nasceu do rhythm and blues e do gospel durante o final da década de 1950 e início da década de 1960 entre os negros. Na década de 70 a influência do soul ou funk original teve sua chegada e influencia no brasil através de Toni Tornado, Tim maia, Sandra de Sá e outros.

Atualmente O MOVIMENTO SOUL BH “Cultura de rua” Realiza mensalmente no CENTRO CULTURAL PAMPULHA através do seu Idealizador Dj Sir Walter Soul (Walter Pinheiro) com o apoio da FMC realiza este evento com objetivo de trazer a Dança e a Música boa para a comunidade e periferia com intuito de levar educação, cultura, socialização, integração social, para todos sem distinção de idade, cor, raça, religião ou ideais políticos e assim que se resume MOVIMENTO SOUL BH “Cultura de rua”.

Ali naquele momento!
A alegria, solidariedade ,comunhão ,diversão…
tudo se resume ao Movimento Soul BH sem confusão
Apenas um jeito simples de ver e sentir a vida com o coração..

Cada um com sua história, suas magoas, alegrias , insatisfações, perdas e buscas, mas ali no Movimento Soul BH, por um momento, tudo é esquecido para dar margem a alegria e a arte do movimento do corpo ,sem método ,apenas sentir a música e aderir ao limite de cada um. Cada um na sua, cada um com seu charme em grupo com os passinhos ou solitariamente, mas cada um é um ser igual e é respeitado no seu íntimo.

Venha participar de mais uma edição no Centro Cultural Pampulha! 😉

Gratuito

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×
%d blogueiros gostam disto: